Ouço de muitas pessoas sobre a importância de se valorizar, de investir em si mesmo, de buscar crescimento pessoal e profissional, de se capacitar melhor e um montão de outras coisas que fico até impressionado com tamanha maturidade e determinação.
Mas tenho percebido uma distância muito grande entre a fala e a atitude de fazer acontecer.
Todos falam em se aperfeiçoar mas ninguém quer pagar por um curso, um treinamento, um processo de coaching ou mentoria! Acham caro!!!! E querem tudo de graça. Outras vezes não querem abrir mão da praia, do churras, de compromisso que não levarão a pessoa a lugar nenhum e só trarão prazer momentâneo, pontual. É o império do imediatismo. Quero aqui e agora. De graça. E se possível ainda quero receber por isso.
São atitudes mimadas, imaturas e infantis. E por que falo isso? Por que depois ficam reclamando que não tem emprego, que a vida é difícil e injusta. Que não tem oportunidades para eles e enfileiram nas palavras e nos pensamentos um cordel de desculpas esfarrapadas para transferir a responsabilidade de lugar.
 

Leia mais